domingo, 1 de janeiro de 2017

Rebelião e Fuga em presídios de Manaus tem mais de 60 mortes e reféns, diz SSP

Uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), situado na BR-174, em Manaus, deixou mais de 60 mortos decapitados, entre eles todos os integrantes da Facção rival PCC e 12 reféns neste domingo (1º). A informação é da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), que não soube precisar o número total de vítimas.

As imagens são do Maior grupo de Portal Notícias do Amazonas (whatsapp) é só entrar no grupo clicando no link.



A movimentação no presídio começou ainda no início da tarde. Centenas de familiares se concentraram na porta da unidade prisional para aguardar notícias sobre a ocorrência. De acordo com informações da SSP, os corpos de seis pessoas - ainda não identificadas - foram jogados para fora do presídio, sem as cabeças.

Até 20h50 (22h50 no horário de Brasília), a SSP-AM afirma que 12 pessoas, entre agentes carcerários e presos, são mantidos reféns. A liberação de dois deles está sendo negociada com os detentos. Outros funcionários que estavam na unidade prisional conseguiram escapar.

O secretário de segurança do Estado, Sérgio Fontes, confirmou a rebelião que ainda estaria ocorrendo, mas disse que os levantamentos sobre vítimas e reféns ainda estão sendo levantados.
 

Uma das vítimas seria o ex-policial militar Moa, responsável pela cassação do deputado Wallace Souza, acusado de comandar uma organização criminosa há seis anos.

NOTA - Sistema Prisional

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) comunica que todas as informações sobre as ocorrências nas unidades prisionais, registradas da tarde e noite deste domingo (1 de janeiro), serão dadas a partir do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

Até o momento, apenas o Compaj se encontra com alterações. A situação está sendo monitorada e todas as providências estão sendo adotadas.
A SSP-AM contou também que ainda não entrou na unidade prisional para averiguar a situação dentro do Compaj e que, por esse motivo, ainda não pode contabilizar o número total de mortes
O secretário de segurança pública, Sérgio Fontes, deve realizar uma coletiva nesta noite para informar sobre a situação no local. Por meio de nota, a SSP-AM informou apenas que a unidade registra "alterações".

Fuga no Ipat

Mais de 20 detentos fugiram do Instituto Penal Antonio Trindade (Ipat), localizado no Km 8 da BR-174, na tarde deste domingo (1º). A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que equipes foram enviadas ao local para apurar o caso mas ainda não sabe informar quantos realmente conseguiram fugir. Segundo o aspirante Moustafa, da 20ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), oito detentos já foram recuperados.




Os detentos foram detidos e encaminhados ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para registro de ocorrência. Eles estavam sem documentos e, por isso, não foram identificados. Segundo o aspirante, as equipes estão aguardando apoio de uma viatura da Força Tática para levar os detentos de volta ao Ipat.

Daqui a pouco mais informações....










6 comentários:

  1. Jesus esta voltando...precisamos ter mais amor...e saber perdoar...Deus e o autor da vida...vc e eu nao temos o direito de tirar a vida de ninquem nao somos Deus...pergunte- se oque Jesus faria no meu lugar...
    digo a vcs que fazem isso Jesus ama vcs...

    ResponderExcluir
  2. Façam o bem, a bondade é a coisa mais linda do mundo.

    ResponderExcluir
  3. MDS do céu tomara que chegue logo a ordem mundial e coloque um ponto final mas leseiras que o ser humano faz

    ResponderExcluir
  4. era pra ter outra do tipo mês que vem com o que sobrar faria ração pra cachorro eles seriam mais úteis pra sociedade

    ResponderExcluir